No último sábado (25) todas as Unidades Básicas de Saúde (UBS) de Guarulhos abriram para a coleta de Papanicolau. A ação, que ocorreu em alusão ao Março Lilás, mês de conscientização e combate ao câncer de colo do útero, coletou um total de 2.538 exames por meio de busca ativa nas unidades.

Esse é o terceiro tipo de câncer mais frequente entre a população feminina no país, atrás apenas dos cânceres de mama e colorretal, e a quarta causa de morte de mulheres. A doença é provocada pela infecção persistente por alguns tipos do papilomavírus humano (HPV), os chamados oncogênicos.

A infecção genital por esses vírus é muito frequente e na maioria das vezes não causa doenças. São sexualmente transmissíveis e podem causar lesões na vagina, no colo do útero, no pênis e no ânus. Em alguns casos ocorrem alterações celulares que podem evoluir para o câncer. Essas alterações são descobertas facilmente no Papanicolau e curáveis na maioria dos casos. Por isso, é importante a realização periódica do exame preventivo. O câncer do colo do útero é uma doença de desenvolvimento lento, que pode não apresentar sintomas na fase inicial.

O exame

O Papanicolau, também conhecido como exame de citologia cervical ou colpocitologia oncótica, tem como objetivo detectar precocemente possíveis alterações celulares no colo do útero. É um exame simples, rápido e indolor que pode ser feito em qualquer UBS do município, cujos endereços podem ser consultados em https://www.guarulhos.sp.gov.br/unidades-basicas-de-saude-ubs.

Em caso de resultados anormais o médico pode solicitar exames complementares ou encaminhar a paciente para um especialista para avaliação mais detalhada. Além disso, é importante ressaltar que o Papanicolau também pode detectar outras condições, como infecções, inflamações e doenças sexualmente transmissíveis, o que permite o diagnóstico e o tratamento precoce dessas doenças.

Categorias: Noticias