escolas estaduais, ocupadas por estudantes. Os seis mil vestibulandos afetados pela transferência receberam mensagens de e-mail, de texto via celular e telefonenemas dos organizadores do exame.

A mudança de endereço em dez escolas atinge a Capital, Diadema, Guarulhos, São José dos Campos, Pirassununga e Ribeirão Preto. Veja a lista com todas as escolas que foram alteradas no final do texto.

Neste domingo, os portões serão abertos 12h30 e as provas começam às 13h, com liberação para o candidato sair a partir das 16h. Estão inscritos 142 mil candidatos, na disputa de 9.688 vagas, das quais 9.568 são para os cursos da USP e 120, da Medicina da Santa Casa.

Em entrevista ao repórter JP Marcelo Mattos, o professor da Faculdade de Educação da USP, Ocimar Alavarse, recomenda a resolução das questões fáceis primeiro, fazendo um “mapeamento da prova”. “Desse jeito ele valoriza o conhecimento que ele acumulou até este momento”, avalia.

O vestibular da Fuvest irá alterar o horário de fechamento da avenida Paulista para os carros, neste domingo será de 13h às 18 horas.

A prova

A prova terá 90 questões teste e engloba as disciplinas de português, matemática, física, química, biologia, história, geografia e inglês. A duração total da prova é de cinco horas e após as 19h30 do próprio domingo, a Fuvest irá divulgar o gabarito do vestibular.

O diretor do Cursinho da Poli, Gustavo Alvarez, recomenda a visita do local de prova neste sábado e muita calma na hora da resolução das questões. “É fundamental que o aluno se planeje para chegar antes, para poder controlar sua ansiedade e chegar ao local de prova tranquilo. O que o aluno estudou já estudou e, nesse processo final, o importante é cuidar da cabeça e controlar a ansiedade”, sugere.

Para o exame é necessário o documento original de identidade, caneta esferográfica azul ou preta, e lápis e borracha podem ser utilizados. O candidato não poderá usar relógio ou utilizar celulares, equipamento eletrônico e de telecomunicação.

Categorias: Dicas